14 de março de 2015

Belo Horizonte e Rio de Janeiro ganham prêmio internacional com BRTs

Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca, do BRT Transcarioca - população ganhou agilidade e conforto. Foto: Divulgação
Os BRT's Transcarioca (Rio de Janeiro) e MOVE (Belo Horizonte), e as ciclovias de São Paulo contribuíram para as respectivas capitais conquistarem esta semana o prêmio Transporte Sustentável do Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP), que tem sede em Nova York. O comitê que definiu os vencedores deste ano é formado por organizações internacionais que trabalham com transportes urbanos.
É a primeira vez que o prêmio é dividido entre três cidades. Segundo os organizadores do evento, o empate revela a escala e a importância das conquistas do Brasil para aumentar a mobilidade e melhorar a qualidade de vida da população das grandes capitais do país.

A capital mineira recebeu o prêmio porque implementou, em 2014, o sistema BRT MOVE em dois corredores centrais da cidade, cobrindo 23 quilômetros, além de revitalizar a região central, criando ruas exclusivas para pedestres e uma rede de ciclovias de 27 quilômetros.
Os ônibus BRT MOVE circulam por pistas exclusivas nas avenidas Antônio Carlos, Pedro I e Cristiano Machado, reduzindo o tempo das viagens e garantindo maior conforto e segurança aos passageiros - os carros têm ar condicionado, portas elétricas com bloqueador e moderno sistema de freios. 
O BRT MOVE reduziu o tempo das viagens na região central de Belo Horizonte e melhorou o conforto dos passageiros. Foto: Divulgação
O Rio de Janeiro também investiu pesado em transporte público nos últimos anos e, em 2014, inaugurou o segundo sistema BRT da cidade, o Transcarioca, com corredores de 39 quilômetros para transportar 270 mil usuários diariamente. Segundo Laudemar Aguiar, secretário de Relações Internacionais da prefeitura do Rio de Janeiro, até as Olimpíadas de 2016, 60% dos habitantes da capital carioca terão acesso a transporte público de massa de qualidade. Em 2009, esse número era de apenas 18%.
Interior de um ônibus do BRT Transcarioca, no Rio de Janeiro. Foto: Divulgação
Em São Paulo, a rede de ciclovias e implementação de mais de 300 quilômetros de corredores exclusivos de ônibus garantiu sua inclusão no prêmio. A meta da prefeitura de São Paulo é ter 400 quilômetros de ciclovias em 2015.
Estabelecido em 2005, o Prêmio Transporte Sustentável tem como objetivo reconhecer iniciativas que melhorem a mobilidade urbana da população de grandes centros urbanos, além de reduzir a emissão de gases do efeito estufa. São Paulo, Rio e Belo Horizonte agora se juntam, na galeria de vencedoras, a cidades como Buenos Aires (premiada em 2014), Bogotá, Medellín, San Francisco, Nova York, Paris, Londres e Seul.

Fonte: PAC

Postar um comentário

Ônibus mais que um hobby, uma paixão!

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search