12 de julho de 2013

0259 - Progresso

História


A Viação Progresso foi o ideal de uma família do interior do estado do Rio de Janeiro. 
Uma família constituída por Srº Chiquinho, Francisco Soares da Costa Filho e Dona Joanna. Um casal que teve como primeira residência após o casamento, em 1925, uma fazenda arrendada e o sustento da família vinha do trabalho na pecuária e na lavoura. Os filhos foram nascendo e Srº Chiquinho foi vencendo ao lado da esposa todos os obstáculos que a vida na roça podia apresentar. O trabalho foi rendendo frutos e Srº Chiquinho, na década de trinta já possuía terras próprias, uma armazém muito simples e uma pequena padaria. Com oito filhos, Srº Chiquinho sabia que a melhor forma de prepara-los para a vida era através do trabalho, não importando se na lavoura, no armazém ou na pequena padaria.
Em 1940, tomou uma decisão importante, mudaria da zona rural para o centro da cidade de Vassouras-RJ a fim de proporcionar o antigo ensino ginasial aos "seus meninos". Decidiu vender suas propriedades e conseguiu levantar 65 contos de réis o que era considerada uma boa quantia naquela época.
Enquanto preparava-se para a mudança com a família, resolveu ajudar um irmão a transportar milho em carro de boi e sofreu um grave acidente. Sr. Chiquinho ficou mais de um ano na cama precisando de cuidados e com o risco de amputação da perna acidentada. O médico da cidade desenganara Sr. Chiquinho devido às proporções que a infecção havia tomado. Entretanto, sendo cuidado em sua própria casa, a recuperação, aos poucos, foi aparecendo. Após aquele um ano de vida improdutiva, ao lado da esposa e dos oito filhos ainda crianças e adolescentes, sobraram apenas vinte contos de réis.Ao se mudar para a cidade com os 65 contos de réis de um atrás, Sr. Chiquinho chegou com a família em Vassouras com 20 contos de réis.

Sr. Chiquinho e Dona Joanna
O acidente com o carro de boi marcou na vida daquela família uma grande perda e um exemplo de superação. Sr. Chiquinho, em 1941, comprou um prédio de uma padaria desativada. Sobraram apenas 02 contos de réis. A doença levou quase tudo. A padaria da família começou sem maquinário e os filhos mais velhos de Sr. Chiquinho saíam com cestos pelas ruas da cidade vendendo frutas. A persistência foi o maior ingrediente daquele homem e de sua família. Compraram o maquinário à prestação, aprenderam a conquistar clientes e superar a falta da farinha de trigo durante a II Guerra Mundial.
Com as limitações do próprio corpo, Sr. Chiquinho tornou-se o orientador dos filhos que trabalhavam no negócio. A padaria progrediu e diversificou os produtos. Os irmãos Soares com a aprovação do pai decidiram se lançar em uma nova experiência em 1952: compraram a pequena empresa de ônibus com apenas dois veículos de madeira. Nascera ali a verdadeira vocação daquela família que nove anos mais tarde iria vender a padaria e dedicar todos os esforços e investimentos na Viação Progresso. Na ocasião do cinqüentenário da empresa, resgatando memórias de forma singular, um dos filhos do Sr. Chiquinho, Sr. Hélio, hoje também falecido, relatou: "O nosso destino sempre foi trabalhar com massa, primeiramente, com massa de pão e depois, massa de gente."

O antigo carro Juparanã

Dos oito filhos de Sr. Chiquinho, três permaneceram na sociedade Arlindo Hélio e Paulo e, hoje, suas três famílias são proprietárias da empresa que se dedica em profissionalizar a gestão sem perder os principais valores transmitidos pelo casal Chiquinho e Joanna: simplicidade de vida, trabalho duro e fé em Deus.


Desde seu surgimento, a Viação Progresso sempre foi administrada pela família Soares. Mais de 500 colaboradores, atuando em diversas linhas interestaduais, intermunicipais e municipais, são responsáveis pelo sucesso da empresa. A frota da Progresso compreende 110 veículos.Em 1954, a empresa conquistava concessão do DER-RJ para operar na linha Vassouras - Barra do Piraí. E, em 1958, sua sede foi transferida para Barra do Piraí/RJ, onde permaneceu até 1975. Nesse ano, a empresa conquistou várias linhas da Viação Salutaris e muda sua matriz para Três Rios/RJ, atual sede da empresa.
Os sócios da empresa garantem que não há fórmula para o sucesso, mas fazem questão de deixar bem claro que cinco palavras ajudaram bastante na construção dos pilares da Viação Progresso: honestidade, união, respeito, disciplina e persistência.

Caio Apache Vip II, Mercedes Benz OF 1724L  BlueTec 5

DSCN6286DSCN6279DSCN6280DSCN6260DSCN6263DSCN6287DSCN6292DSCN6277DSCN6279DSCN6276DSCN6266DSCN6271
Mascarello Gran Via, Mercedes Benz OF 1722
100_5220100_5222100_5221
Mascarello Roma 350, Scania K310
100_5198
Caio Apache S21, Mercedes Benz OF 1721
DSCN6296DSCN6295DSCN6257

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search